NA ESCUTA DA PALAVRA DE DEUS

Imprimir página

           A Igreja no Brasil, durante o mês de setembro, nos pede uma atenção particular à Palavra de Deus. Neste período queremos recordar, em modo mais incisivo,  o lugar central da Bíblia como fonte de toda a vida da fé e da evangelização. Como é bonito ver nossos irmãos e irmãs, e comunidades,  reunidos em torno da Palavra, por ela conduzidos e guiados, em torno da mesa eucarística.

            A Palavra de Deus é o centro de nossa vida e caminho de fé. Ela ilumina a nossa mente e o coração, nos enriquece com seus ensinamentos, sustenta na longa travessia. Hoje, também, somos capazes de discernir os “sinais dos tempos” e de corresponder à vontade do Senhor. Acolhendo o «primado» da Palavra, somos chamados a fixar o olhar em Jesus, com Ele sabemos que podemos seguir confiantes, viver as bem aventuranças do Evangelho, anunciar o Reino, testemunhar o amor e a misericórdia.

            A Palavra comporta, antes de tudo, silêncio e escuta. No silêncio Deus nos fala, o Espírito sopra, onde e quando quer. Pedimos a graça de saber escutar, em todas as situações a Palavra que nos alimenta e sustenta. Queremos sempre acolher a Voz de Deus, contida nas Escrituras, e no coração guardá-la com amor, contemplando cada dia as imensas maravilhas que fez para nós. Falar com Deus, a Ele abrir nosso coração, obedecer e realizar a sua vontade, transformar o mundo, no perdão e na paz.

            A expressão mais bonita e plena da escuta e acolhida da Palavra é o serviço da caridade. Tudo passa, inclusive a fé e a esperança, mas o amor permanece. Neste sentido buscamos viver na fraternidade, seja na família, na comunidade, na sociedade que viemos, de modo consciente e responsável. À luz da Palavra buscamos a salvação, confiados na misericórdia, que o Pai nos deu no Filho mediante o Espírito Santo, luz e inspiração na Igreja, Povo de Deus.

                Na nossa caminhada e no serviço pastoral queremos colocar, sempre mais no centro, a Palavra de Deus, amá-la de coração sincero, acolhe-la com alegria, faze-la frutificar.  Em todos os momentos, encontros, reuniões, celebrações, buscar ouvir a Palavra, a começar da liturgia diária, e na eucaristia dominical, onde a sabedoria e a tradição da Igreja nos oferecem textos preciosos, que enriquecem nossa vida e espiritualidade.

                                                                              Pe. Angelo Ademir Mezzari, RCJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>